Uma dívida antiga que o Grêmio tem com o Flamengo pode facilitar a ida do atacante Marcelo Moreno para o Rubro-Negro. Esta quantia é referente à contratação do meia Rodrigo Mendes em 2000 pelo Tricolor Gaúcho. Até hoje, a cor do dinheiro não foi vista na Gávea.

Esse valor hoje chega a R$ 8,5 milhões, mais do que vale Marcelo Moreno, que tem os direitos econômicos avaliados em cerca de R$ 7,8 milhões.

- Essa dívida vem da época da ISL, antiga parceira dos dois clubes, e até hoje está aí, pelo que eu sei. O dinheiro acabou não sendo repassado ao Flamengo, que foi prejudicado. O Clube dos 13 já tentou resolver, ficou de resolver com cotas de televisão, mas nada foi feito. Acho que a diretoria atual do Flamengo vai saber se aproveitar disso - conta Leonardo Ribeiro, ex-dirigente do Flamengo.

Wallim Vasconcellos, atual vice de futebol do Flamengo, também confirmou a existência da dívida.

- Essa questão está na Justiça. Nosso jurídico passou que está em última instância, deve ser julgada até o final do ano. Ganhamos em todas as instâncias. É provável que a gente ganhe em última instância também. Pode ser que usemos disso pelo Moreno - disse à Rádio Globo.

Grêmio já sofreu com penhora

No início do ano passado, o Flamengo conseguiu na Justiça a penhora de 7,2% das rendas do Grêmio como mandante por conta desta dívida. Essa penhora valeu por alguns meses, mas depois o departamento jurídico do Tricolor Gaúcho recorreu e conseguiu suspender a ação. O valor conseguido, porém, não foi para os cofres do Flamengo. Ele ficou retido como garantia do processo. E está retido até o momento.

A dívida que o Grêmio tem com o Flamengo se dá principalmente pela quebra financeira da empresa suíça ISL, que era parceira dos dois clubes. A ISL repassaria o dinheiro ao Fla, mas não conseguiu.


Fonte: Lancenet

E aí Nação, o que vocês acharam? Comentem! Siga-nos também no 
 
Top