Hernane está de bem com a vida. Artilheiro do Flamengo na temporada, com 15 gols, o atacante foi o jogador mais festejado do time, na chegada a João Pessoa, onde a equipe desembarcou na madrugada desta terça-feira. Nordestino, o baiano foi recebido aos gritos de "Uh, terror! O Hernane é brocador!", distribuiu autógrafos e sorrisos. Ele e os demais jogadores e comissão técnica do Fla já se encaminharam para Campina Grande, onde na quarta-feira enfrentam o Campinense no Estádio Amigão, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil.

A delegação do Flamengo chegou ao Aeroporto Internacional Castro Pinto por volta das 1h10 da madrugada, já sob os gritos e envolta no calor de cerca de 500 rubro-negros - segundo estimativas da polícia. Mas os gritos e o calor foram redobrados quando Hernane apareceu no saguão de desembarque. O camisa 9 do time carioca fez questão de retribuir o carinho aos torcedores.

- É um prazer imenso ser recebido assim por essa torcida, a essa hora da madrugada. Isso é o Flamengo. É bom jogar no Nordeste - disse Hernane, enquanto era assediado pelos fãs.

Cercado não apenas pelos seguranças, mas também por uma pequena multidão de flamenguistas, o jogador foi um dos últimos a conseguir chegar ao ônibus que levaria o time até Campina Grande, local do jogo de quarta-feira.

Já acomodado numa das poltronas do ônibus, Hernane não deixou de ser alvo do carinho da torcida, que puxou um coro endereçado ao técnico da Seleção Brasileira Luís Felipe Solari. "Ão, ão, ão, Hernane é Seleção!" foi o grito que ecoou pouco antes de o grupo pegar a estrada para uma viagem de cerca de uma hora e meia até Campina Grande.

Na quarta-feira, quando o Flamengo encara o Campinense no jogo de ida desta segunda fase, Hernane deve formar dupla de ataque com Rafinha, já que Jorginho tem mantido nos treinos o mesmo time dos dois últimos jogos, contra Remo e Macaé.

Campinense e Flamengo entram em campo às 21h50 (de Brasília) no Estádio Amigão, com transmissão ao vivo da Rede Globo. Em caso de vitória carioca por dois gols de diferença, não será necessário o jogo da volta. Quem se classificar nesse confronto, pega o vencedor do duelo entre Ceará e ASA de Arapiraca.


Fonte: GE

E aí Nação, o que vocês acharam? Comentem! Siga-nos também no 
 
Top